Nascimento Natália

Natália resolveu esperar sentada a sua hora de nascer, não por falta de tentativas de fazê-la virar, tentaram desde versões, passando por exercícios físicos à sessões de acupuntura. Mas essa menina  tava tão bem encaixadinha, ali sentada, que foi assim que resolveu nascer, “de bunda pra lua”, como dizem alguns.
Essa é uma expressão que fala sobre sorte e eu quero que a pequena Natália possa é ter muita sorte na vida mesmo!

Os pais, tendo plena consciência dos prós e contras de todos os caminhos que podiam escolher, acordaram entre eles e equipe que caso o bebê permanecesse nesta posição no dia em que entrasse em trabalho de parto, que eles preferiam fazer uma cesariana. E não existe nada melhor do que poder escolher com plena consciência o caminho que se quer seguir e poder ser respeitada nesta escolha!

E assim foi, Narjara entrou em trabalho de parto, fizeram a cesariana da forma mais gentil e respeitosa que podia ser feita, com bebê mamando enquanto os médicos terminavam os procedimentos cirúrgicos e tudo mais.

agora dá o play e vem ver que lindeza foi tudo isso!

Ler mais

Helena Chegou!

Primeiro parto do ano e veio tranquilo, calmo, sereno. Extremamente inspirador!

Lembro que a Aline com 38 semanas já estava em pródromos e super ansiosa para a chegada da Helena, queria poder tê-la em seus braços logo, andava, subia e descia escada, pulava na bola de pilates, enfim, tava ali fazendo a parte dela pra facilitar quando chegasse o trabalho de parto e com 39 semanas e 3 dias não tinha mais volta, o trabalho de parto de fato engrenou e a Helena chegou! Lembro do Diego, marido da Aline, me ligando na madrugada e falando: “chegou a hora! Estamos indo para a maternidade porque achamos que já ta bem avançado.” E lá fomos nós, cheguei na maternidade, aguardei pelo Diego e pela Aline, ficamos um tempo ali embaixo andando com ela pelo hospital, até resolver toda a questão burocrática do internamento e quando subimos para a sala de parto não demorou muito, cerca de 2h, e a Helena nasceu! Lembro do sorriso da Aline, da alegria que transbordava, do chorinho da Nena! Tanto amoor!!!

Aline extremamente calma, concentrada e focada durante todo o TP me impressionou muito e guardei isso dentro de mim, como uma experiência para ser acessada quando chegar a minha vez! rsrs E tenho certeza que muitas outras mulheres também irão se inspirar com o teu parto Aline.

É normal ter medo do desconhecido e o parto é esse universo desconhecido, que por tantas razões ficou ainda mais distante de nossas vidas. Mas chegou a hora de retomarmos esse processo como nosso, como algo natural, parte da gente, da vida, do nosso corpo. E não mais como algo distante e horrível como estávamos vivendo.  Chegou a hora de nos reconectarmos com a gente mesmo, de nos percebermos capazes de parir.  Como sempre fomos! Precisamos ver mais e mais mulheres parindo, bebes nascendo até que toda esta força e confiança seja despertada em todas as mulheres. E que a escolha em relação ao parto, quanto ao local e forma de botar seu filho ao mundo, seja uma escolha consciente, uma escolha feita não por medo, mas baseada em evidências e informação de qualidade.

Eu só tenho a agradecer à Aline e ao Diego por me permitirem estar com vocês neste dia lindo! Neste dia tão absurdamente importante na vida de vocês! Helena foi uma honra indescritível poder ser a primeira pessoa a fazer um retrato seu! Eu nao caibo em mim de tão feliz em poder registrar tantos nascimentos respeitosos!

Agora dê o play e vem se emocionar junto! \o/\o/

Ler mais

%d blogueiros gostam disto: